Septoplastia

23/08/2014 00:00

 

Após a cirurgia poderão ocorrer:

HEMORRAGIA - Podem ocorrer nas primeiras horas de pós-operatório. Nesses casos, pode ser necessário o uso do tampão e em raros casos há necessidade de reintervenção cirúrgica.

INFECÇÃO - Raramente ocorre, devendo ser controlada com curativos e medicamentos.
ABSCESSO SEPTAL E HEMATOMA - Poderão ocorrer em raros casos, exigindo drenagem.
PERFURAÇÃO SEPTAL - É rara, podendo necessitar de reparo cirúrgico.
SINÉQUIAS - São aderê̂ncias que podem ocorrer entre a parede lateral e medial do nariz. São desfeitas com curativos e raramente exigem outra intervenção cirúrgica.

RECIDIVA DOS DESVIOS - Em técnicas muito conservadoras, principalmente em crianças, a cartilagem poderá voltar parcialmente à posição ou forma anterior, por vezes necessitando reintervenção.

RECIDIVA DA HIPERTROFIA DOS CORNETOS - Em casos de rinopatia alérgica intensa, a mucosa remanescente poderá sofrer hipertrofia, raramente necessitando reoperação.

 

 

Contato

Dr. Danilo A. Sguillar Consultórios:

Rua Maestro Cardim, 1191, Paraíso, São Paulo - SP tel: (11) 32894900

Rua Orville Derby, 118, Mooca - SP tel: (11) 2291-1923
relacionamentomedicodas@gmail.com